Esse post é destinado para quem realizou a instalação de uma distribuição GNU/Linux e não conseguiu alterar as configurações regionais e de idioma.

Após realizar a instalação do Armbian em uma placa Orange Pi PC, mesmo aplicando o comando “armbian-config” ou o comando “dpkg-reconfigure locales” (específico para reconfigurar idioma do sistema), percebi que somente as variáveis “LANG” e “LANGUAGE” tinham sido atualizadas, conforme abaixo.

root@orangepipc:~# locale
LANG=pt_BR.UTF-8
LANGUAGE=pt_BR:pt:en
LC_CTYPE="C"
LC_NUMERIC="C"
LC_TIME="C"
LC_COLLATE="C"
LC_MONETARY="C"
LC_MESSAGES="C"
LC_PAPER="C"
LC_NAME="C"
LC_ADDRESS="C"
LC_TELEPHONE="C"
LC_MEASUREMENT="C"
LC_IDENTIFICATION="C"
LC_ALL=C

Dessa forma, percebi que o sistema ainda estava em sua maior parte em inglês, idioma padrão definido no Armbian.

Vamos executar o comando “locale -a” para listar todos os locales disponívels

root@orangepipc:~# locale -a

Caso a locale “pt_BR.UTF-8” não tenha sido listada, utilize o comando “locale-gen” para gerá-la conforme abaixo

root@orangepipc:~# locale-gen pt_BR.UTF-8

Agora vamos executar novamente o comando para reconfigurar as locales

root@orangepipc:~# dpkg-reconfigure locales

Encontre “pt_BR.UTF-8 UTF-8” e pressione enter

Logo em seguida marque a opção que contenha “pt_BR.UTF-8” para que o idioma padrão das variáveis do sistema seja definido

Pronto! Esse problema foi resolvido de forma definitiva aplicando o comando “update-locale” seguido dos parâmetros necessários, no caso LC_ALL=”pt_BR.UTF-8″

root@orangepipc:~# update-locale LC_ALL="pt_BR.UTF-8"
root@orangepipc:~# locale
LANG=pt_BR.UTF-8
LANGUAGE=pt_BR:pt:en
LC_CTYPE="pt_BR.UTF-8"
LC_NUMERIC="pt_BR.UTF-8"
LC_TIME="pt_BR.UTF-8"
LC_COLLATE="pt_BR.UTF-8"
LC_MONETARY="pt_BR.UTF-8"
LC_MESSAGES="pt_BR.UTF-8"
LC_PAPER="pt_BR.UTF-8"
LC_NAME="pt_BR.UTF-8"
LC_ADDRESS="pt_BR.UTF-8"
LC_TELEPHONE="pt_BR.UTF-8"
LC_MEASUREMENT="pt_BR.UTF-8"
LC_IDENTIFICATION="pt_BR.UTF-8"
LC_ALL="pt_BR.UTF-8"

No comando acima, foram atualizadas para “pt_BR.UTF-8” todas as variáveis de ambiente do sistema.

Dúvidas, comentários, sugestões?

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *